quarta-feira, 7 de maio de 2008

só por hoje...


...não vou falar sobre jornalismo. perdoem-me, mas é por uma razão nobre. nobilíssima. a maior de todas elas.

o desenho aí de cima é de autoria da minha primogênita. três anos de idade e atitude. ela me entregou hoje, na volta da escola, com um beijo estalado de acompanhamento.

uma das melhores coisas de ser mãe é poder vivenciar a nossa pieguice em toda a sua plenitude, sem precisar fazer qualquer concessão ao bom-senso. afinal, toda mãe porta uma credencial vip de acesso ao melodrama.

é a primeira vez que ela me retrata de uma forma identificável (ao menos no que se refere aos parcos recursos de imaginação dos adultos). e ao lado do sol, que ela adora e saúda logo quando abre os olhinhos ao mundo, pela manhã.

agora, permitam-me atingir o ápice da corujice: reparem como ela me desenhou maior do que o sol! tem presente melhor do que esse? faz valer cada uma das mais de 1095 noites que eu tenho passado sem dormir direito.

(só para não fugir ao tema: semana passada, 'flagrei'-a imitando uma apresentadora de telejornal. depois, me pediu que não desligasse a tevê, pois ela iria "assistir às notícias". será que a paixão desenfreada pelo jornalismo está no código genético?)

4 comentários:

Eduarda disse...

Teu dia hoje. Sendo assim, felia dia, Adriana! Muitos sorrisos das meninas, pra te deixar bem muito contente. ;)

Beijo!

Adriana Santana disse...

obrigada, duda! beijo procê tb.

Marcelle disse...

adorei, a parte do me desenhar de forma identificável. Mas há controvérsias sobre o seu tamanho e o do sol!

Adriana Santana disse...

muitas controvérsias, na verdade! :) mas a vida é feita de conflitos... :)